Técnicas, conceitos e troca de experiências

Treinamento da semana – Sírshásana

Image

O sírshásana é um dos ásanas mais importantes da prática, por isso sempre finalizamos a série de ásanas com ele, encerrando com “chave de ouro“.

Ele direciona o fluxo sanguíneo revitalizado e purificado para os principais orgãos do corpo, especialmente o cérebro. Irrigando-o com um intensidade incomum em qualquer momento do dia. O que acaba por promover uma sensação de despertar e melhora nas funções cerebrais, bem como uma ativação de habilidades ainda inertes.

Sua execução é bem mais simples do que se parece, e muito mais segura do que se imagina, se e somente se, todas as regras de segurança forem observadas.

Reforço a necessidade de seguir a risca todas as regras de seguranças para a execução deste ásana o que o torna extremamente seguro e confortável.

Estas regras são especialmente observadas no SwáSthya, pois em cada escola há uma maneira diferente de se fazer. A grande maioria utiliza de uma série de “muletas” que o SwáSthya evita terminantemente em toda a sua prática, estimulando assim o desenvolvimento do praticante, respeitando o seu ritmo. Cada um tem o seu.

Estas estes artifícios tendem a desacelerar a evolução do praticante, bem como produzir o estacionamento e o não uso ou estimulo de habilidades latentes.

Clique aqui para acompanhar passa a passo a execução do ásana com fotos. Vai aí o lembrete para ler cuidadosamente a descrição que acompanha a foto.

Antes… leia atentamente

Preparação. O que fazer.

Reserve ao longo do dia um, dois ou três momentos de 3min que seja para treinar a montagem deste ásana. Assim logo o estará executando.

Regras de segurança para o sírshásana

  1. Siga detalhadamente todas as orientações;
  2. Nunca dê impulso. Nunca. Isso garante a saúde da sua coluna. Essa regra vale para toda a prática;
  3. Não peça a ajuda de ninguém para suspender as pernas. Quando na presença do instrutor, se ele achar necessário, ele a dará na forma e medida necessária;
  4. Não utilize o apoio da parede ou qualquer outro artifício para manter a posição;
  5. Embora se feito de acordo com o indicado o risco seja pequeno, reserve espaço para cair. Seja para frente ou para os lados. Se for fazer em casa, faça longe dos móveis, e utilize uma colcha, toalha de banho dobrada, ou mesmo um colchão;
  6. Se cair, curve a coluna e role uma confortável cambalhota.

Não tenha pressa, sairá ao seu tempo. O fator acelerador está na disciplina. Se tentar com verdadeira intenção todos os dias, logo estará fazendo. Sempre que possível procure a avaliação de um profissional.

Alan Hecktor

SwáSthya Personal Trainer | Lifestyle Coach

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s